quinta-feira, 14 de abril de 2011

Proverbios; 17:17 ; Em Todo Tempo Ama o Amigo, e Na Angustia Nasce o Irmao

Oi queridos, muito obrigado por mais uma visita e bem vindo a vc que faz sua primeira visita, que Deus possa falar com vc através deste blog, peco oração pela Argentina que foi mais um pais alcançado por meio deste blog, agora já são 30 países para gloria de Deus, gostaria também de pedir oração pelas famílias das crianças assassinadas do rio de Janeiro, acontece coisas que nos deixam revoltados de vermos que ponto chega o ser humano, como uma pessoa comete tal barbaria, e não vejo outra resposta a não ser a falta de Deus no coracoes das pessoas, a ausência de Deus na vida do ser humano e que faz com que vejamos tais coisas acontecerem, que Deus tenha misericordia de nos, da uma olha nesta foto que paz, esta semana pra mim tem sido muito boa continuo perdendo peso e a respiração tem melhorado, a natação tem sido otima pra mim.

Hoje quem vai compartilhar um pouco com vcs e um casal maravilhoso e guerreiros que tem também enfrentado a Churg Strauss, Edson e Valquíria e um casal que já faz parte da nossa vida e como se fossemos da mesma família, a seguir vai um resumo do que eles tem enfrentado  estes anos  Edson e o portador de Churg Strauss:
Resumo: Em Novembro de 2005 começou com muita tosse e em Janeiro começou tratamento para bronquite com corticóide inalatório (bombinhas) A tosse não cedeu e começaram os picos de febre frequentes e dores nas articulações. No dia 11/06/2006 foi internado pela 1ª vez apresentando um quadro bastante grave. Depois de estabilizado, veio a pergunta: Qual será o problema? O pneumologista do hospital suspeitou da VCS (Vasculite de Churg Strauss) Para determinar o diagnóstico da doença é necessário que se encontre pelo menos 4 dos 6 critérios que comprovam a doença e o Edson tinha os seis, inclusive com o exame de ANCA positivo. Os órgãos mais atingidos foram os pulmões, os rins e no início o sistema nervoso. Entre 2006 e 2007 foram 3 internações necessárias mas o tratamento era bem complicado, com a necessidade do uso de quimioterapia intravenosa e depois de 1 ano por via oral. Nos dois 1º anos as recorrências eram constantes, as visitas aos médicos eram semanais e pela baixa imunidade, outros problemas apareciam. Teve até um exame de tuberculose nos rins que deu positivo e depois foi-se descobrir que o resultado era um falso positivo. Com a vontade de Deus, o tratamento, o repouso e a surpreendente força de vontade pudemos diminuir os medicamentos e melhorar a qualidade de vida. Em Dezembro de 2008 quando atravessava uma rua no centro da cidade foi atropelado por uma moto e quebrou a perna em dois lugares, precisando ser implantada uma placa e mais uma porção de parafusos. Achamos que estava tonto devido a quimio e não viu a moto.
Enfim o que era ruim ficou pior, mas como filhos amados por Deus fomos abençoados pelo que ninguém mais acreditava: com uma boa recuperação. Hoje em dia ele só manca um pouco e como já não podia fazer esforço físico antes, manteve o repouso. Tivemos dificuldades imensas com os afastamentos do trabalho pois eram necessários e alguns dos médicos peritos do INSS não tinham conhecimento da doença e suas limitações e nem se esforçavam para ter, então, a humilhação e a falta de caridade com alguém que havia contribuído com o INSS por toda a vida era vergonhosa. Só recebeu a aposentadoria depois de muita luta e se não tivesse repousado durante esse tempo não estaria agora contando esta história. Hoje vive com algumas limitações:  Não pode fazer esforço físico, toma as medicações que já diminuíram bem a dose ( quimio, corticóides, remédio p/ pressão, cálcio, cortióides inalatórios "as chamadas bombinhas" e as medicações para combater os problemas que vão surgindo). Continuamos com as visitas mensais ao reumatologista, e procuramos especialistas conforme as necessidades. Felizmente nós temos condições de comprar as medicações mas elas são caras e não recebemos nenhuma ajuda do "governo". Somos uma família unida, temos dois filhos, um de 14 e um de 5 anos e rezamos juntos todos os dias e é por isso que vencemos todas as tribulações. Agora tivemos a bênção de conhecer este que eu chamo de "casal de Deus" o Ricardo e a Simone e estamos felizes por poder compartilhar com todos do Blog esta nossa história esperando que lembrem-se de nós em suas orações. Eu quero agradecer ao Edson e a Valquíria por aceitar o convite e fazer este post, eu peco a todos oração por eles, pela dona Adriana e seu filho e para Ana Paula que e uma criança de 3 anos que esta diagnosticada com Churg Strauss, quando tiver mais informacoes e se assim os pais permitirem  estarei trazendo mais informacoes, Deus abençoe, deixe um recado uma palavra de apoio e forca para o Edson e Valquíria,  vcs não sabem como nos faz bem uma palavra de forca, valeu.

7 comentários:

  1. Oi Edson e Valquiria aqui e a Simone esposa do Ricardo. Nossa que luta, lendo tudo isso me identifiquei bastante com o que passei e o que temos passado com essa luta, mas como você mesma colocou Deus jamais abandonara seus filhos, ele sempre cuidara e provera sobre nossas vidas. Queria te dizer Edson que continua com essa essa forca, pois creio que na vitoria e na sua cura e na cura do meu esposo. Pois o Deus que age por nos e um Deus de vitoria. Vendo tudo isso que vcs tem enfrentado nos da forca para continuarmos lutando pois sabemos que não estamos sozinhos nessa luta e saiba que vcs também não estão. Um grande beijo e Abraço a vcs e ao seus filhos. Simone

    ResponderExcluir
  2. Edson e Valquiria sou a Fatima mãe do Ricardo e resido aqui no Brasil ...Queridos a luta é ardua e a batalha contra a churg-strauss dolorosa mais digo a vcs que quando colocamos nossas dores nas mãos do homem que sentiu todas as dores do mundo ele nos alivia e nos ajuda dia a dia , sofro muito longe de meus filhos e como tem sido dificil ver e acompanhar td e somente orar e crer e esperar o milagre que JESUS vai fazer na vida do meu filho e tambem creio que na sua vida Edson , vc tb é um guerreiro e creia que DEUS jamais o abandonara e a partir de agora vc ja esta nas minhas orações e suplicas diante do PAI . DEUS os abençoe vc e sua familia um abraço a tds..Fatima...

    ResponderExcluir
  3. Vamos sentir sua falta, aqui no brasil, foi bom passar horas queimando aquela carne aqui em casa com vcs, abracos de seus amigos aqui do brasil, silvio, fabiane, hanna e leticia. Esperamos sua volta brevemente por aqui. abracos.

    ResponderExcluir
  4. OI Ricardo ta tudo bem com o Marcos ele não tem se queixado de nada mais dia 4 de maio ele vai no retono do médico, espero que as plaquetas dele tenham aumentado. Continuo rezando e pedindo ao senhor que abençõe todos aqueles que sofrem com essa enfermidade e várias outras que a medicina ainda não sabe explicar.O senhor de Misericórdia abençõe o Ricardo O Marcos o Edson a meninha de 3 aninhos e todos aqueles que necessitam de cura. Fique com Deus e logo entrarei em contato.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ricardo.

    Sumiu do orkut e não escreveu novas postagens no seu blog...
    Está tudo bem com você e sua esposa? Fiquei preocupada com a falta de notícias!
    Não era em abril que vocês viriam para Jales?
    Quero muito saber como você está, sua saúde, está melhor? Parece que estava reagindo bem aos tratamentos, mas de repente parou de dar notícias.
    Estou preocupada. Sabe que rezo (oro) pela sua saúde todas as noites e durante o dia também. Todas as vezes que lembro do meu filho não tem como não lembrar de você.
    São coisas diferentes acontecendo com duas pessoas jovens, que ainda tem uma vida inteira para fazer o bem, com a graça de DEUS, nosso pai.
    Liguei para a tua mãe ontem, mas acho que ela não estava em casa.
    Por favor, dê notícias...
    Que DEUS o abençoe grandemente.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. DEUS ABENÇOI RICAMENTE E ABUNDANTEMENTE QUE O SENHOR JESUS VENHA SUPLIR TODAS AS SUAS NECESSIDADE.E TUDO QUE DESEJA O SEU CORAÇÃO QUE NUNCA FALTE O OLEO PRECIOSO QUE DESCER DA BARBA DE ARAÃO DEUS BAENÇOI HJ E SEMPRE DEUS É CONTIGO AONDE VC FOR E ESTIVE VASO PAZ DO SENHOR JESUS. DARLENE KEYLA

    ResponderExcluir